quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

RIO(marromeno)20 - MATO GROSSO

ARTICULAMENTO MATO-GROSSENSE PARA RIO20

Para textos, notícias, entrevistas e sistematização da rio20 (ver marcador rio20):
http://remtea.blogspot.com/

Para quem quiser conhecer o Tratado e seus 16 princípios, ver a coluna lateral do blog da Remtea.


CÚPULA DOS POVOS
http://cupuladospovos.org.br/

Facebook – cúpula dos povos
http://www.facebook.com/cupuladospovos?sk=wall

Princípios da cúpula dos povos
http://www.4shared.com/office/zMKoH9mi/CHAMADO_GLOBAL_PARA_A_C_PULA_D.html


NAÇÕES UNIDAS & PROPOSTAS OFICIAIS
UN site
http://www.uncsd2012.org/rio20/index.html

ONU BR
http://groups.google.com/group/onubrasil-mailing?msg=subscribe&hl=pt-BR

zero draft
http://www.uncsd2012.org/rio20/content/documents/370The%20Future%20We%20Want%2010Jan%20clean%20_no%20brackets.pdf

proposta do BR
http://www.observatorioeco.com.br/wp-content/uploads/up/2011/11/rio20_propostabr_182.pdf


GT EDUCAÇÃO
documentos
http://www.4shared.com/folder/-9NzzqBe/rio20.html


REDES
Facebook – rio+20
http://www.facebook.com/groups/191187560910964/

ning
http://rioplus20ngo.ning.com/profile/MicheleSato

blog remtea
http://remtea.blogspot.com/


……………………….
.....................................
MEMÓRIA DE REUNIÃO


PAUTA: preparatório à Rio+20
Data: 01nov11
Local: Sala 66 do IE-UFMT
Presentes: Caio, Lola, Adriana, Inácio, Eveline, Merel, Michellinha, Denize, Mari e Michèle
“Aparições espontâneas fugazes” – Giba, Luã, Lushi, Kelly


Recuperamos o histórico a partir da Eco92, de alguns ganhos e muitas perdas explícitas na Rio+10 (Johannesburg) e chegamos até a Rio+20, compreendendo que está mais pra Rio (menos) 20 do que mais.

Após o desenvolvimento sustentável triunfante lançado na Eco92, a economia foi tomando conta dos cenários para culminar na economia verde, chamamento central na Rio-20. Compreendemos que trata-se do velho capitalismo, revestido com outros codinomes, sob o espectro da “sustentabilidade”.

O que queremos: explicitar a pauta mercadológica, INSTITUÍDA pela ONU e outros setores hegemônicos, denunciando a crise estrutural da sociedade contemporânea e sendo capazes de anunciar um diálogo INSTITUINTE entre cultura e natureza.

Como: por meio de ciclos formativos (*) de vários elementos em pauta em MT, que em conexões regionais, nacionais e internacionais, consigam promover o debate“qual economia queremos”.

Mobilização: Promover aliança no Fórum Social Mundial (FSM) com propostas coletivas à Cúpula dos Povos, aliando o local ao global na perspectiva para que “um outro mundo seja possível”.

Logística: Convidar os parceiros e potencializar as ações conjuntas, debatendo várias formas de mobilização coletiva. Criar uma logomarca e um slogan que apareça nas nossas diversas ações e ciclos formativos.

(*) Proposta do ciclo de formação, que é apenas uma ideia que necessita ser melhor elaborada junto com os demais parceiros. Solicita-se material de subsídio, textos curtos que consigam expressar nossas propostas políticas. A Merel ficou de sistematizar os textos, a Michèle ficou de pedir grana pro Domingos Sávio e se não conseguir, o Formad irá doar DVD para gravações aos participantes deste “Movimento mato-grossense de resistência na Rio+20”.

Eixo condutor: qual economia queremos frente aos caos estrutural da sociedade contemporânea?


Mês 2012
Instituição responsável
temática
janeiro
Todos que puderem
Participar do FSM – Porto Alegre, RS
fevereiro
Comitê do agrotóxico
Agrotóxico (em Cuiabá e interior)

?
?
?
?
março
Remtea, iC & GPEA
Tratado de educação ambiental e economia ecológica
?
?
?
?
abril
OPAN
Povos indígenas e reforma agrária (evento em Cuiabá)
FUNAI
Povos indígenas (talvez em Colíder)
?
?
maio
Centro Burnier
Saúde pública? Ou trabalho escravo?
SEPLAN & iC
Conferência estadual dos grupos sociais
(*) um dia de debate coletivo para sistematizar as discussões nos ciclos prévios e encaminhamentos para o Rio (quiçá) mais 20.

(*) um dia de debate coletivo para sistematizar as discussões nos ciclos prévios e encaminhamentos para o Rio (quiçá) mais 20.

O quadro acima é só proposta, aliás, tudo está à mercê de modificação, conforme as deliberações da próxima reunião. Cada instituição verificará a logística, data e etc, sem a necessidade de uniformizar o processo.

TEMAS DE INTERESSE, ENTRE TANTOS OUTROS:
Agrotóxicos
Água
Arte e cultura
Ciência
Código florestaj
Economia ecológica
Educação
Energia (hidrelétricas e afins)
Grupos sociais vulneráveis
Povos indígenas
Quilombolas
Reforma agrária
Saúde pública
Trabalho escravo
Tratado de educação ambiental
Zoneamento ecológico econômico

A lista é aberta, por favor, adicionem outros grupos, movimentos e coletivos e ajudem a divulgar nossa próxima reunião:

Data- 21 DE NOVEMBRO DE 2011
Horário – 9-12h
Local – Sala 3 do bloco novo do IE-UFMT - ATENÇÃO – térreo do bloco novo (ao lado do prédio antigo do IE).
 *

Nenhum comentário: